1991

Brasão 1991 - B Final FP PNG.png

Diretoria 1991:

Coordenadoras Colaborativas:   

Liane Bauer Castor;

Ilka Guarany; e

Elisabeth Graebner.

Instrutores de Dança:

Ingrid Graebner Provout e

Maria Christina Chaves Cardoso.

Como tudo começou...

O Bauerngruppe nasce da perseverança e ousadia de pessoas que sentiram a necessidade de ampliar e propagar a cultura alemã através da dança folclórica. Assim no raiar do primeiro semestre do ano de 1991 é criado o "BAUERNGRUPPE DANÇAS FOLCLÓRICAS ALEMÃS DE PETRÓPOLIS".

O primeiro núcleo do Bauerngruppe contou com 20 associados, nomeados abaixo: 
 

1- André Gustavo Justen;

2- Cláudio R. Pereira Isabel;

3- Eduardo Bressan;

4- Emerson;

5- Elisabeth Graebner;

6- Érica "Catarina";

7- Érica Zech;

8- Flávio Bade;

9- Geovana Raeder;

10- Ilka Guarany;

11- Ingrid Graebner;

12- João Batista Cardoso;

13- Liane Bauer Castor;

14- Maria Christina;

15- Maristela Manso;

16- Mônica Graebner;

17- Nilcíleia Chaves Cardoso;

18- Roberto Justen;

19- Rômulo Winter;

20- Simone Lobato;

WhatsApp Image 2021-02-26 at 00.35.29.jp

Fotografia publicada no Jornal "O Globo" em 28 de Junho de 1991.

Na imagem, o primeiro núcleo de associados do Bauerngruppe.

Foto-Arquivo pessoal cedido por Elisabeth Graebner.

Bauerngruppe significa grupo camponês e seu nome foi escolhido pela Liane Bauer Castor, que foi coordenadora colaborativa do Bauerngruppe, ainda em 1991, como forma de homenagear o Sr. Gustavo Ernesto Bauer, que era avô da Liane e foi um grande pesquisador da origem das famílias alemãs que vieram para Petrópolis. Além disso, seu nome foi utilizado como reverência ao berço acolhedor petropolitano, a nossa querida Bauernfest.

>

Conheça a produção historiográfica de Gustavo Ernesto Bauer, disponível no acervo digital do Museu da Casa do Colono Alemão de Petrópolis.

Estávamos então em fevereiro de 1991 e o folclore germânico após o advento da Bauernfest se expandia através de mais um sonho que se concretizava.

O Bauerngruppe dá seus primeiros passos no espaço improvisado, mas não menos aconchegante, que nos foi gentilmente cedido pela Sra. Vera Bauer, na sua garagem localizada no Indaiá, Bairro São Sebastião. A Sra. Vera Bauer é a mãe de nossa associada e coordenadora colaborativa Liane Bauer e filha do nosso patrono Gustavo Ernesto Bauer.

Durante esse período, eram responsáveis pelos ensaios as instrutoras Ingrid Graebner Prouvot e Mª Christina Chaves Cardoso e o repertório era composto por músicas como Patscher, Herr Schmidt, Jägermarsch, entre outras.

 

WhatsApp Image 2021-02-08 at 17.12.24.jp

Foto-Arquivo pessoal cedido por Elisabeth Graebner.

O Bauerngruppe debutou em grande estilo, no dia 26 de junho de 1991, as vésperas da Bauernfest daquele ano, na extinta casa noturna Antínoo. Contou em sua Premier com grande público e sua estreia foi marcada pelo sucesso, que culminou com sua permanência efetiva como principal evento do grupo, nossa querida Bauernnacht (noite do colono), onde é realizado a comemoração de aniversário da associação até os dias atuais.

WhatsApp Image 2021-01-22 at 21.10.56.jp

Fotografia de nossa primeira apresentação. I Bauernnacht.

Foto-Arquivo pessoal cedido por Maristela Manso.

Nosso primeiro Brasão era composto pela letra "B" escrita em estilo gótico ornato com um círculo trazendo na parte superior em letras góticas o nome Bauerngruppe e na parte posterior o nome da cidade de Petrópolis. Nosso estandarte foi todo bordado a mão em tecido de algodão cru com franjas. Em pequeno porte, na haste do "B" uma singela flor, simbolizando o Edelweiss que suporta o frio e embeleza os Alpes. Este brasão foi utilizado de nossa fundação até o ano de 1992.

WhatsApp%20Image%202021-03-04%20at%2017.

Foto-Arquivo pessoal cedido por Eugênia Bomfim.

0cb8e4ee-4861-4e73-85c6-91fdb5850e72.jfi

Foto-Arquivo pessoal cedido por Maristela Manso.

Nosso primeiro traje não seguiu um padrão em representar uma região, porém o tecido do vestido foi escolhido por remeter as vestes femininas da antiga Bohemia. Os detalhes em vermelho para contrastar com o listrado cinza e preto, blusa branca, avental branco com o B bordado e acabamento, em bordado inglês, meia de lã branca, mas havia a variação de um avental vermelho usado com a meia vermelha.

O cabelo das moças era semi preso com laço de fita em veludo verde no meio decorado em guipir vermelho.

O traje masculino era composto de camisa de manga longa branca, colete vinho com o B bordado em preto e botões dourados, calça curta clássica preta com fechamento lateral com botões dourados e nas pernas fechamento em cordão preto, meia branca e sapato preto.

Os rapazes tinham a variação do suspensório preto com contorno em verde e vermelho.

Este traje foi todo feito pela Elisabeth Graebner como doação para contribuir com a estreia do grupo.

Ainda em 1991, poucos meses após nossa fundação, participamos da nossa primeira Bauernfest. A Festa do Colono Alemão, foi da simplicidade de uma quermesse ao principal e maior evento de Petrópolis (RJ), e uma das maiores festas germânicas no Brasil.

O evento teve sua origem no início da década de 80, quando os descendentes dos colonos celebravam a cultura das famílias que aqui chegaram. Emygdia Hoelz Lyrío foi a grande idealizadora do que hoje se transformou na Festa do Colono Alemão.

Em 1990, o evento deixava de ser Festival Germânico e já era conhecido como a Bauernfest - A Festa do Colono Alemão, uma homenagem a um dos fundadores do Clube 29 de Junho, Ernesto Gustavo Bauer.

Vídeo Bauernfest 1991.

Arquivo divulgação: Canal do Pedro Azevedo no Youtube.

Já em Outubro de 1991, antes de finalizarmos as atividades do nosso primeiro ano, o Bauerngruppe faz sua primeira grande viagem fora do estado. O destino foi Campos do Jordão (SP). Nossa hospedagem foi num mosteiro e nossas apresentações ocorreram nas praças e estações dos três principais bairros turísticos da cidade: Abernéssia, Jaguaribe e Capivari. 

Bauerngruppe
Bauerngruppe

Bauerngruppe em sua primeira viagem a Campos do Jordão, em Outubro de 1991.

press to zoom
Bauerngruppe
Bauerngruppe

Bauerngruppe em sua primeira viagem a Campos do Jordão, em Outubro de 1991.

press to zoom
Bauerngruppe
Bauerngruppe

Bauerngruppe em sua primeira viagem a Campos do Jordão, em Outubro de 1991.

press to zoom
Bauerngruppe
Bauerngruppe

Bauerngruppe em sua primeira viagem a Campos do Jordão, em Outubro de 1991.

press to zoom
1/4

Fotos do Bauerngruppe em Campos do Jordão.

Foto-Arquivo pessoal: Eugênia Bomfim.

Sem dúvidas, o Bauerngruppe encerra seu primeiro ano de atividade com a certeza de que veio para ficar, pois seu nome ficou marcado por onde passou e suas apresentações deixaram um gostinho de quero mais e a certeza de um breve retorno.

Queremos saber sua opinião
Avalie-nosRuimJustoBomMuito bomExcelenteAvalie-nos

Obrigado pelo envio!